Os 10 Piores Alimentos De Todos Os Tempos Que Não Deves Comer NUNCA!!!

Se és daqueles que não passa sem uma pizza, batatas-fritas e refrigerantes tens que ler este artigo.

A médica e nutricionista Michelle Schoffro Cook criou um ranking com os alimentos considerados os mais perigosos de todos os tempos.

Vê também: E Se As Embalagens Te Dissessem Toda A Verdade Sobre Os Alimentos?!!!

Vê quais são, por ordem decrescente:

10º – Sorvete

Apesar de haverem versões mais saudáveis deste alimento que os tradicionais gelados industrializados, o sorvete contém, para além de grandes quantidades de açúcar, gorduras trans e substâncias químicas que podem causar danos no cérebro e sistema nervoso.

9º – Salgadinhos de milho

Segundo a nutricionista, desde o surgimento dos alimentos transgénicos que a maior parte do milho que comemos é “comida Frankenstein”. Estes salgadinhos podem causar flutuações nos níveis de açúcar o que leva a mudanças de humor, irritabilidade e ganho de peso, para além de outros.

As pipocas de milho transgénico estão incluídas neste grupo em particular as que são feitas no micro-ondas e ainda pior é a substância que tem sabor artificial a manteiga que é usado nas pipocas do cinema.

8º – Pizza

Nem todas as pizzas são más mas as que são vendidas congeladas em supermercados estão cheias de condicionadores de massa artificiais e conservantes. Feitas com farinhas brancas, estas pizzas são absorvidas pelo organismo e transformadas em açúcar causando aumento de peso e desequilibro no níveis de glicose no sangue.

[td_block_ad_box spot_id=”custom_ad_1″]

7º – Batatas fritas

Não só contém gorduras trans, responsáveis por uma série de doenças, mas também umas das substâncias mais cancerígenas, a acrilamida. Esta substância é formada quando batatas brancas são aquecidas em altas temperaturas.

Além disso os óleos em que estas batatas são fritas tornam-se rançosos na presença do oxigénio e em altas temperaturas o que gera alimentos que podem causar inflamações no corpo.

6º – Salgados de batata

Para além de causarem todos os malefícios já referidos nas batatas, não trazem nenhum benefício nutricional e contém um maior nível de acrilamida.

5º – Bacon

O consumo diário de carnes processadas, como o bacon, pode aumentar o risco de doenças cardíacas e de diabetes. Além disso, um estudo realizado pela Universidade de Columbia descobriu que comer 14 porções de banco por mês pode danificar a função pulmonar e aumentar o risco de doenças ligadas ao órgão.

4º – Cachorro-quente

Um outro estudo, da  Universidade de Havai, mostrou que o consumo de cachorro-quentes pode aumentar o risco de cancro do pâncreas em 67%. Outros estudos indicam que o nitrito de sódio,  um ingrediente encontrado no cachorro-quente e no bacon, pode também desencadear outro tipo de cancro.

[td_block_ad_box spot_id=”custom_ad_1″]

3º – Donuts

Cerca de 35% a 40% da composição dos donuts é de gordura trans, o pior tipo de gorduras que se pode ingerir. Estas substâncias estão relacionadas a doenças cardíacas e cerebrais, para além do cancro. Para além disso este alimento têm cerca de 300 calorias.

2º – Refrigerante

Uma lata de refrigerante contém em média 10 colheres de chá de açúcar, 150 calorias para além de outras substancias como corantes artificiais e sulfitos. Além disso, esta bebida é extremamente ácida sendo necessários 30 copos de água para neutralizar essa acidez o que é muito perigoso para os rins.

Para ajudar a neutralizar o ácido, o organismo despeja no sangue minerais, como o cálcio, o que enfraquece os ossos o que pode levar a doenças como a osteoporose, cáries e doenças cardíacas.

Vê também: Sabias Que Cheirar Gases Humanos Pode Prevenir Cancro E Outras Doenças???

1º – Refrigerantes diet

O campeão deste lista é o refrigerante diet que para além de todos os malefícios dos refrigerantes comuns, contém adoçante aspartame. De acordo com outras pesquisas, esta substância está relacionada a doenças como ataques de ansiedade, compulsão alimentar por açúcar, defeitos de nascimento, cegueira, tumores cerebrais, dor torácica, depressão, tonturas, epilepsia, fadiga, dores de cabeça e enxaquecas, perda auditiva, palpitações cardíacas, hiperatividade, insónia, dor nas articulações, dificuldade de aprendizagem, TPM, cãibras musculares, problemas reprodutivos e até mesmo a morte.